Indo

Novos tempos, sem tão novas idéias.
Uma vida sem roteiro.
Um destino a cada dia.
Uma grande viagem sem um mapa definido.
Sem marcar o que é vivido.
Uma grande contradição em apenas uma ação.
Sentimentos sem sentido.
Automático como a respiração.
Mas sem coração.
Onde dói?
Nada consta, nem demonstra.
Vai, esquece e deixe estar.
Novo capítulo.
Velha história.
Nenhum fim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

On the road – Furnas/ Capitólio

On the road - Rock in Rio 2017

On the road - Bahia (Praia do Forte) - Parte 3