On the road - Vitória

Para os amantes de viagens como eu, 2015 tem sido um ano bem simpático, pois a quantidade de feriados prolongados ajuda e muito aqueles que aproveitam qualquer brecha para colocar o pé na estrada. Inicialmente, eu tinha pensado em ir para Salvador, porém comecei a cotar Vitória e percebi que o que eu ia gastar só de aéreo em Salavador eu gastaria com aéreo e hospedagem em Vitória. Portanto, feriadão de 9 de julho foi hora de dizer “Espírito Santo, aí vou eu!!!!”

Vista do Convento da Penha - Foto by Évelin Karen

Ficamos hospedados no Hotel Minuano que fica na Praia de Camburi. Gostei do local que possui quartos e banheiros amplos, instalações bem conservadas, um café da manhã bem gostoso no quarto andar com uma vista maravilhosa da orla de Camburi.

Praia de Camburi - Foto by Évelin Karen

No primeiro dia, como chegamos no final da tarde, só tivemos “forças” para ir ao mercado comprar itens básicos (água, cerveja, petiscos) e depois jantar. O restaurante escolhido foi a churrascaria Minuano (que fica ao lado e é dos mesmos donos do hotel). Comi um corte argentino bem gostoso com um molhinho chimichurri que deu um toque a mais. O buffet eu achei bem fraquinho, mas era o que tinha em oferta naquela noite.


Nosso primeiro dia de passeios começou com o tão famoso city tour por Vitória e Vila Velha. Fechei com a Capixaba Receptivo (que faz os passeios com a CVC). Gostei bastante do tour onde nossa primeira parada foi a Ilha do boi onde pudemos tirar algumas fotos com uma das principais pontes ao fundo.

Paradinha na Ilha do Boi, Convento da Penha ao fundo - Foto by Évelin Karen

Passamos pela Praia da Jurema, ouvimos sobre a história da cidade e fomos para o convento da Penha. Enfrentamos as escadarias, conhecemos a Igreja e ainda apreciamos uma vista incrível das cidades de Vitória e Vila Velha.

 Família reunida no mirante do Convento da Penha - Foto by Ana

Convento da Penha - Foto by Évelin Karen

Hora de passar na famosa loja da Garoto!!! Na verdade eu queria fazer o tour na fábrica e participar dos R$ 17,00 consumíveis de chocolate em que, provavelmente, eu iria parar no hospital de overdose. Mas, como estes tours são agendados e precisam de roupas apropriadas acabei só fazendo comprinhas. Na loja existem vários itens personalizados que a gente só encontra lá: latas, saquinho, canecas, malas... tudo recheado com bombons! Os chocolates lá são bem mais caros que no mercado, mas valeu a pena para eu experimentar o novo batom com recheio de leite que logo logo estará disponível em todas as lojas.

Entrada Garoto - Foto by Évelin Karen

Passamos por outras praias, monumentos e prédios que possuem toda uma história que obviamente eu já não me recordo. O tour acabou no final da tarde e só comemos besteirinhas para dormir e encarar o próximo dia.

Morro do Moreno - Foto by Évelin Karen

Nosso segundo passeio foi para a famosa cidade de Guarapari. Eu achava que Guarapari era uma praia, mas não: é uma cidade com mais de 49 praias. A primeira parada foi a Praia da Areia Preta, bem conhecida pela areia medicinal que, diz a lenda, cura artrite, artrose, dores no corpo e até auxilia no tratamento de pessoas que querem voltar a andar.

Praia da Areia Preta - Foto by Évelin Karen

Fizemos um bom tour e conhecemos as praias da Virtude, do meio das Castanheiras e dos Namorados. 

Foto by Mamis

Depois fomos para uma mais afastada: Meaípe onde comprei uma cocada maravilhosa.

 Meaípe de baixo - Foto by Évelin Karen

Meaípe do alto - Foto by Évelin Karen

Cocada Cristina Morena - Foto by Évelin Karen

Falando assim parece que praia é tudo igual, mas tem uma que eu me recordo: Setiba! Achei uma gracinha. Parece tão tranquila. Aquele lugar para você colocar a cadeira, o guarda sol, o cooler e passar o dia inteiro pensando na vida, pensando no nada.

Setiba - Foto by Évelin Karen

No nosso terceiro dia de passeios (que também foi o dia do nosso retorno), fomos para as Praias da Serra. Nossa primeira parada foi a praia de Manguinhos. Lindo lugar, super tranquilo, com vários restaurantes que fazem parte da rota gastronômica do Espírito Santo. Existem umas pousadas de frente para o mar que me deixaram encantada.

Manguinhos - Foto by Évelin Karen

Voltamos para o carro e a próxima parada foi a Praia de Jacaraipe. Nesta eu não vi muita graça. Lembro da ponte, dos pescadores, do mercado de peixe, da área de comércio, da barreira de pedra... Só gostei das fotos.


Jacaraípe - Foto by Évelin Karen

A parada para almoço e relax foi na Praia Grande que fica na cidade de Fundão. É lá também que fica a Igreja dos Reis Magos, aliás, da praia conseguimos ver a Igreja lá no alto. Visitamos todas as instalações num tour monitorado, conhecemos a história do local, ouvimos muito sobre os escravos que ficavam presos e que eram obrigados a subir tudo aquilo levando as pesadas pedras para a construção da Igreja... tão triste que é melhor nem entrar em detalhes. Vale lembrar que a vista da Igreja também é muito bonita.

Igreja dos Reis Magos - Foto by Évelin Karen

Vista da Igreja dos Reis Magos, canhão e Praia Grande - Foto by Évelin Karen

Nossa última para foi um local ainda não muito explorado pelos turistas: A casa de pedra. Como o próprio nome diz, o local foi todo construído com pedras e por dentro existem várias esculturas feitas com raízes de árvore, uma madeira muito bonita. O artista e dono da casa é muito atencioso e recebe muito bem os turistas que só pagam se realmente gostam do passeio. Meus pais ficaram encantados com o lugar!

Casa de Pedra - Foto by Évelin Karen


Hora de voltar a o hotel, pegar as malas e voltar para casa. Agora já conheço todos os estados do Sul e Sudeste do país e isso me dá uma alegria imensa. Quem quiser ver mais fotos é só entrar no meu Face, ok? 

Foto by Évelin Karen 

Próximo post voltarei a falar da minha viagem de férias, combinado?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

On the road – Furnas/ Capitólio

On the road - Rock in Rio 2017

On the road - Bahia (Praia do Forte) - Parte 3