Pular para o conteúdo principal

On the road - Colômbia - Day 14 - Cartagena (e dicas!!!)

Finalmente chegava o meu último dia de viagem. Não via a hora de chegar no Brasil e ir ao médico. Sim, eu tinha contratado seguro viagem e poderia ter ido ao hospital tanto na Bolívia quanto na Colômbia, mas quem disse que eu tinha coragem?

Deixei minhas malas no esquema e saí para comprar algumas lembrancinhas. Infelizmente esqueci de comprar o famoso café colombiano (deve ser porque não tomo café).  Porém, comprei chocolates, doces, regalos e derreti mais um pouco naquele calor do cão. 
Hora de pegar as coisas e ir para o aeroporto.
Tchau Cartagena, olá Bogotá. 
Tchau Bogotá e bem vindo à São Paulo!



Resumão de dicas: 
- Muita atenção na hora de escolher um local para comer. É bem comum encontrar vários lugares com cara de "sujinho". A falta de higiene pode te garantir, no mínimo, um cabelo de leve no seu prato.;
- Fiquem espertos com notas falsas e com o golpe do taxista. Se você dá o dinheiro e eles perguntarem se você não tem trocado não seja legal, diga que não (ou você corre o risco de sair no prejuízo igual aconteceu comigo);
- Troquem dinheiro lá (Bolívia e Colômbia), levem o mínimo daqui e ativem o cartão internacional para saque. Super vale a pena; 
- Nos passeios compre sempre a passagem de volta (se possível);
- Empresa pra fazer tour no Salar? Juliet Tour ou Beto Tour (motorista Bartalomé muito simpático e prestativo);
- Se você tem o "estômago sensível" coma o mínimo possível em restaurantes (tanto na Bolívia quanto na Colômbia). Eu me arrependi de não seguir os conselhos de alguns viajantes... deveria ter ficado a base de Pringle;
- Ainda falando de alimentação, nestes 15 dias eu não comi nada maravilhoso que sentirei saudades pelo resto da vida;
- Fazer os passeios por conta gera uma economia de quase 100%. O valor que eu pagaria apenas com transporte da agência eu consegui pagar o ônibus da rodoviária de La Paz, almoçar em Copacabana, fazer o passeio até a ilha, tomar cerveja, comer uma salteña (horrível por sinal) e ainda sobrou dinheiro; 
- Eu sei que o carnaval de Oruro é famoso, mas esta é uma cidade que eu não recomendo;
- Leve uma farmácia na sua mala (e não esqueça do Floratil);
- Faça seguro viagem, pois as chances de ficar doente são bem reais; 
- Muita atenção à validade do que você compra. Era setembro e eu comprei um chocolate que tinha vencido em fevereiro...
- Cuidado com os taxistas na Bolívia. Sempre combine o valor antes de entrar no táxi, ou... Terás uma chata surpresa;
- Leve saco de dormir (ou será difícil pregar o olho no segundo dia de tour no Salar);
- Leve papel higiênico e tenha sempre trocadinhos para pagar suas idas ao banheiro no tour no Salar ("nao existe almoço grátis"... Eles levam bem a sério isso);
- Se você gosta de luxo escolha outro roteiro e não passe nem perto da Bolívia. Agora se você não tem frescuras saiba que este é um dos países mais incríveis pra se conhecer; 
- Se você odeia calor não vá para Cartagena. Naquele lugar, mesmo quando você está parado o suor escorre pelo corpo; 
- Quer comprar o famoso MM's Penaut Butter que só tem nos EUA? Eu encontrei no Free Shop de Bogotá e comprei um pacotão! 
- Abra seus horizontes, escute música local e vá para lugares característicos. Digo isso porque a colombiana nos levou a noite no Café del Mar onde tocava música eletrônica super alta... Isso a gente escuta em qualquer baladinhas daqui. 
- Faça novos amigos instantâneos... Você terá muitas histórias pra contar e viverá bons momentos na sua viagem;

 Playa Blanca - Foto by Timer

Salar de Uyuni - Foto by Bartolomé

E o principal:
- Compre sua passagem, reserve seu hostel (ou hotel), faça sua mala (ou mochila) e caia na estrada para explorar este mundão cheio de pessoas, culturas e lugares incríveis! 

Feliz Viaje - Foto by Évelin Karen



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

On the Road - Chapada dos Veadeiros

Olá galera bonita e descolada, viajantes e simpatizantes! Hoje vou compartilhar alguns detalhes da minha viagem para a Chapada dos Veadeiros. Desta vez, eu resolvemos aproveitar o feriado de 9 de julho (que ocorre apenas no Estado de São Paulo), para curtir as cachoeiras da Chapada.

Almécegas I - Foto by Évelin Karen
Embarcamos em um voo sábado de manhã para Brasília e alugamos um carro para chegarmos no povoado de São Jorge, na cidade de Alto Paraíso de Goiás. Quanto ao caminho percorrido, não é tão complicado chegar na Chapada, mas confesso que me perdi na saída de Brasília graças a falta de sinalização (ou seria minha falta de atenção?). No geral o acesso é fácil, a estrada é um tapete e cheia de retas. Dica: cuidado com as dezenas de radares em Brasília. 
Chegando em São Jorge deixamos nossas coisas na pousada para começarmos o passeio. Nos hospedamos na pousada Luz do Sol que fica em frente ao armazém e farmácia do povoado. Ali próximos também ficam vários restaurantes, lanchonetes …

On the road - Bahia (Praia do Forte) - Parte 3

Quem acompanha meu blog sabe que já rolou um On the road Bahia Parte 1 e Parte 2, mas desta vez eu fui obrigada a voltar para a Praia do Forte. O motivo? Eu e mais 21 pessoas ganhamos a promoção Blogueiro de Resorts da Resorts Brasil. O prêmio? O meu foi um voucher com duas diárias no Resort Iberostar Bahia, mas os demais foram para outros 21 resorts espalhados pelo Brasil. Chato, não?
Praia do Forte - Foto by Évelin Karen
Chegamos na sexta à noite e ficamos encantadas com a estrutura do local: gigante! Banda ao vivo rolando no bar, espetáculo no teatro, balada depois das 23:00... Noite bastante agitada, mas tudo que queríamos era conhecer nossos aposentos e partir para o jantar.

Uma das laterais do Iberostar Bahia - Foto by Évelin Karen

Iberostar Bahia - Foto by Évelin Karen
Achei o quarto bastante espaçoso, camas confortáveis, curti a varandinha com varal para secar as roupas de banho, frigobar com várias bebidinhas. O único ponto negativo foi que o quarto estava com cheiro de mofo.

Noss…

On the road – Furnas/ Capitólio

O destino escolhido desta vez foi um dos que estão no Top 5 do momento: Capitólio! Então no post de hoje vamos ter muitas fotos de canyons, cachoeiras e águas cristalinas deste que também é conhecido como o famoso “mar de Minas”.
Pedreiras - Foto by Évelin Karen
Já começo o post com uma dica: vale a pena ficar hospedado em Passos. A cidade é maior, você encontra mais opções de hotéis, restaurantes e comércio, logo o preço final da sua viagem fica mais baixo. Nos hospedamos no Presidente Hotel situado no centro de Passos. Ótimas instalações, café da manhã delícia, a noite serviram caldo de cortesia para os hóspedes (pra quem curte vale a pena). Se escolherem se hospedar lá lembrem-se de um detalhe: peçam um quarto que não seja virado para a rua (porque o barulho de carros e pessoas na rua incomoda bastante).
Desta vez tive apenas um final de semana para aproveitar longe de casa. O jeito foi encarar a estrada sexta a noite, chegando em Passos quase as 2 da matina. Era o que tinha em oferta…